domingo, 12 de maio de 2013

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Ame o Senhor o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças" .  

Deuteronômio 6:5


terça-feira, 7 de maio de 2013

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Todo aquele, pois que ouve estas Minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha" .  

Mateus 7:24


segunda-feira, 6 de maio de 2013

Em Jesus há reconciliação com Deus

    Pr Jorge Chávez
Introdução
O objetivo de nossa reflexão é verificar que em Jesus há reconciliação com Deus.
"17 Certo dia ele estava ensinando, e achavam-se ali assentados fariseus e doutores da lei, vindo de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor estava com ele para curar. 18 Alguns homens, transportando num leito um paralítico, procuravam introduzi-lo e pô-lo diante de Jesus. 19 Não achando por onde introduzi-lo, por causa da multidão, subiram ao telhado e, por entre as telhas, o baixaram no leito, até o meio, diante de Jesus. 20 Vendo-lhes a fé, disse Jesus ao paralítico: Homem, os teus pecados te são perdoados.
21 Os escribas e fariseus começaram a pensar: Quem é este que diz blasfêmias?Quem pode perdoar pecados, senão só Deus? 22 Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, respondeu-lhes: Por que pensais essas coisas em vossos corações? 23 Qual é mais fácil? Dizer: Os teus pecados te são perdoados, ou dizer: Levanta-te, e anda? 24 Ora para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados – disse ao paralítico: A ti te digo, levanta-te, toma o teu leito, vai para a tua casa.
25 Levantando-se ele imediatamente na presença deles, tomou o leito em que estava deitado e foi para casa, glorificando a Deus. 26 Todos ficaram maravilhados, e glorificaram a Deus. Cheios de temor, diziam: Hoje vimos prodígios."
(Lucas 5.17-26)
Onde o Senhor Jesus passava, Ele ensinava, pregava e curava os enfermos, grandes multidões e os seus discípulos o seguiam. Nesta oportunidade, Jesus estava visitando a cidade de Cafarnaum, onde morava (Mateus 4.13).

A condição do homem – (v. 18-19)
Toda pessoa tem sonhos, busca progredir nesta vida, estudar e trabalhar para ser um profissional bem sucedido, ter um bom emprego, formar uma família, etc. Muitas vezes as doenças destroem nossos sonhos, como o caso deste homem, possivelmente ele visitou alguns hospitais, médicos especializados no assunto, buscando a cura de sua doença, mas nada adiantou. Muitas pessoas com enfermidades difíceis, seu desespero o levam a buscar a sua cura em terreiros, curandeiros e feiticeiros.
Mas o paralítico e os homens que o transportava haviam ouvido falar sobre Jesus, e sua fé estava depositada no poder do Senhor, somente Jesus poderia curá-lo.
O texto bíblico narra que alguns homens transportavam um paralítico em seu leito, queriam entrar em uma casa, para apresentá-lo diante de Jesus. Não achando um meio de entrar naquela casa, por causa da multidão que havia lá, com grande esforço subiram ao telhado e por entre as telhas, desceram o leito e eles conseguiram apresentá-lo diante de Jesus.

A vontade de Deus – (v. 20)
Deus não tem prazer na morte do ímpio:
“Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas sim em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que morrereis, ó casa de Israel?”
(Ezequiel 33.11)
Jesus vendo tão grande fé (Mateus 9.2) nos homens, disse: “Homem, os teus pecados te são perdoados.”(v 20) Isto é, se dá a conhecer como o SALVADOR, o Messias, que nos reconcilia com Deus!
Eu penso que Jesus, em seu coração, tenha elevado os seus olhos aos céus e glorificado a Deus por ter enviado para ele esse homem:
“Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6.37)
“Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer, e eu o ressuscitarei no último dia”(João 6.44)
A ação de Jesus tirava o homem que se encontrava sob a ira de Deus:
“Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.”(João 3.36). 

A justiça dos homens – (v. 21)
Achavam-se ali assentados fariseus e doutores da lei, vindo de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. (v 17)
Mas os escribas e os fariseus começaram a pensar: Quem é este que diz blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão só Deus? 
Os seus pensamentos eram frutos da sua própria justiça, não eram pensamentos vindos de Deus. Eles entendiam e ensinavam ao povo de Israel que um portador de deficiência física era atribuído ao pecado:
“Caminhando Jesus, viu um homem cego de nascença. E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este os seus pais, para que nascesse cego? Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus.”(João 9.1-3).
Para os escribas e fariseus, Jesus estava blasfemando, primeiro porque somente Deus poderia perdoar pecados, e segundo porque a presença da deficiência física confirmava a sua doutrina e que Deus estava de seu lado. Para os religiosos judeus da época não existe homem com deficiência física e ao mesmo tempo, com um coração purificado dos seus pecados. Mas Jesus demonstrou que eles estavam errados: Esse homem é paralítico, sim, mas agora tem o coração purificado de seus pecados! Que impasse!
O apóstolo Paulo esclarece o erro dos religiosos judeus:
“Visto que não conheceram a justiça de Deus, e procuraram estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à que vem de Deus”(Romanos 10.3)

A justiça de Deus – (v. 23)
“O fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê”(Romanos 10.4).
“Como diz a Escritura: Todo aquele que nele crê não será confundido”(Romanos 10.11)
Somente Deus conhece o coração do homem:
“Ele (Jesus) não necessitava de que alguém lhe testificasse a respeito do homem, pois ele sabia o que havia no homem”
(João 2.25; O que em parêntesis foi acrescido).
Como Mestre, Jesus responde com as seguintes perguntas:
Por que pensais essas coisas em vossos corações? Qual é mais fácil dizer: Os teus pecados te são perdoados, ou dizer: Levanta-te, e anda?
Deus é justo responde e confirma as palavras de seu Filho Jesus Cristo:
“Ora para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados – disse ao paralítico: A ti te digo, levanta-te, toma o teu leito, vai para a tua casa.”(verso 24)
Jesus veio para estabelecer o seu Reino:
“Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.”(Mateus 3.2).

Considerações finais
- O homem é limitado, frágil, o que busca para a sua felicidade é pouco: dinheiro, poder, felicidade. Muitos buscam a Deus, apenas para que solucione os seus problemas pessoais.
- Os personagens que foram curados em muitas passagens da Bíblia, alguns não esperavam a sua cura, muito menos a sua salvação, por exemplo: João 5.6-9; João 9; Atos 3.1-8; Lucas 17.12-19. Também na passagem do texto principal, o paralítico estava focado somente em sua cura física, cumprindo-se o que foi dito pelo profeta Isaías:
“E Isaías ousadamente diz: Fui achado pelos que não me buscavam, fui manifestado aos que não perguntavam por mim.”(Rom 10.20).
- O paralítico desceu do teto para receber a sua cura e salvação;
- Jesus desceu dos céus, em sua condição humana e como servo de Deus, veio para buscar e salvar o que se havia perdido!:
“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.”(Lucas 19.10)
- Verifica-se, no texto estudado, que em Jesus há reconciliação com Deus pela fé em seu nome.
-  Siga as orientações da Bíblia: “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6.33)
Deus lhe abençoe

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Venha a tua mão socorrer-me pois escolhi os teus preceitos" .  

Salmos 119:173


sábado, 4 de maio de 2013

Mensagem do Pastor R.R. Soares


04/05/2013 - ANDANDO NA POSIÇÃO CERTA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Após o SENHOR, vosso Deus, andareis, e a ele temereis, e os seus mandamentos guardareis, e a sua voz ouvireis, e a ele servireis, e a ele vos achegareis.Deuteronômio 13.4
É mandamento para todo aquele que faz parte do povo do Senhor: andar após Ele. No entanto, se o servo de Deus decide sozinho o que fazer e, depois, ao surgir algum problema, corre para buscar direção, ele pode não ter a resposta do Céu. Certo dia, um cidadão chegou a Jesus e pediu que Ele ordenasse a seu irmão que repartisse com ele a herança, ao que Jesus lhe perguntou quem O havia feito repartidor de heranças (Lc 12.13,14).
Sempre é bom lembrar que o Senhor não é seu colega nem empregado, para que só O procure quando tiver vontade ou quiser que Ele o ajude a resolver uma dificuldade. Quem não respeita o Altíssimo como Deus, provavelmente, não terá nenhuma de suas petições atendidas. É importante lembrar que Ele é o único e soberano Deus, Senhor sobre todos, o qual não deixa que ninguém zombe dEle, pois tudo o que o homem semear isso colherá (Gl 6.7).
Os mandamentos divinos têm de ser guardados. Apesar de Jesus ser manso e humilde de coração, Ele é a Pessoa da Trindade santa, que sustém todas as coisas pela palavra do Seu poder (Hb 1.3). Portanto, todo respeito é devido a Ele, e, quando você tiver de tomar qualquer decisão, ore para sentir a direção do Salvador. Se, em algum momento, perceber que não deve fazer algo, no mesmo instante deixe aquilo de lado e não insista para que o Pai o permita fazer tal coisa.
Ao dar ouvidos ao que o Criador lhe fala, seu espírito é fortalecido para realizar aquela obra. Deixar de cumprir o dever que lhe foi passado não é uma boa decisão. Quando Deus revela algo, Ele já fez a parte dEle; entretanto, se fizermos a nossa, a obra se cumprirá. A verdade é que o nosso Deus sempre cumpre o que promete. Por isso, fique atento ao que Ele lhe faz entender em Sua Palavra, pois, assim, você será bem-sucedido.
Serve ao Senhor aquele que crê no que Ele diz. Quem aprende que já foi curado e, a seguir, exige que a doença deixe seu corpo, se permanecer firme no que ouviu de Deus, receberá a cura. O mesmo se pode dizer a respeito da prosperidade ou de outro assunto. O Altíssimo jamais falaria algo que não pudesse executar ou não fosse a Sua vontade. Saiba: o Senhor é fiel em cumprir Suas promessas (Sl 33.4,5).
Além de servir a Deus, recebendo as bênçãos prometidas ou declaradas em Sua Palavra, você deve esforçar-se para achegar-se ao Ele. Sem dúvida, o onipotente Deus tem muito mais para fazer em quem O busca de todo o coração. Por estar perto dEle, não lhe faltará revelação, proteção e ajuda, pois o Senhor socorre os que Lhe dão condições de fazer isso. Por outro lado, os que forem displicentes, ou O ignoram, não provarão o quanto Ele é bom.

Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo" .  

Eclesiastes 5:4



sábado, 27 de abril de 2013

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mensagem do Pastor R.R. Soares


26/04/2013 - O RECADO DE JESUS A PAULO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, na noite seguinte, apresentando-se-lhe o Senhor, disse: Paulo, tem ânimo! Porque, como de mim testificaste em Jerusalém, assim importa que testifiques também em Roma.Atos 23.11
Para pregar o Evangelho, temos de batalhar somente com as armas da justiça. De outro modo, os perdidos não terão a oportunidade de ouvir a mensagem da salvação. Não podemos deixar que o maligno nos enfureça e, com isso, ajamos fora do plano divino. Por isso, jamais peça a morte dos que resistem à pregação da Verdade, por exemplo, pois o Senhor, de fato, deseja que todos venham ao pleno conhecimento da Sua vontade.
O Altíssimo não precisa que lancemos mão de artimanhas, enganos ou algum subterfúgio para levar os perdidos à salvação; então, se usarmos tais coisas, nosso trabalho terá sido em vão. Os meios que Ele nos dá são os registrados nas Escrituras. As pessoas que fazem o que chamam de obra de Deus, de modo oposto ao bíblico, perdem tempo e estão excluídas da proteção divina.
Somos autorizados a levar somente a vida e nunca a morte. Se a obra de alguém for feita com desonestidade, injustiça ou iniquidade, ele terá prejudicado o trabalho divino, deixando-se enganar pelo mesmo espírito que faz com que oposições se levantem contra a Mensagem da salvação. O Evangelho não crescerá com o uso de fogo estranho. Os que ultrapassam a doutrina bíblica não veem e nunca verão o Senhor.
Na realização da Sua obra, o Pai não destruirá as vidas que se opõem à Verdade; pois, se o fizesse, estaria anunciando que Ele mudou, e isso jamais ocorrerá (Hb 13.8). Somente o amor pode vencer o ódio, só a verdade vencerá a mentira, e a luz destruirá as trevas. O modo de agir do Altíssimo nunca se assemelhará ao do demônio. A verdade é que ainda será preciso que muitos percam a vida, a fim de que outros sejam salvos.
Sempre devemos aproveitar as oportunidades que se nos surgem; mas, ao mesmo tempo, diante de qualquer perseguição, temos de ficar serenos e não desperdiçar o momento certo de levar a Luz aos corações aflitos. O Senhor ama e quer salvar até os mais ferrenhos opositores da Verdade; por isso, Ele não os destruirá de modo algum.
Nossa missão é pregar a Mensagem da salvação. Se, no cumprimento dela, você tiver de passar por tempos difíceis, não caia na tentação de tentar resolver as coisas por si mesmo nem use de meios escusos para livrar-se de algum contratempo. O segredo é ter coragem para falar de Jesus tanto em Jerusalém como em Roma. Afinal, o poder divino lhe foi dado para realizar a obra da mesma maneira que o Senhor Jesus a fazia (Jo 14.12).
Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Está perto o dia, sim, está perto o dia do Senhor .  

Ezequiel 30:3


quarta-feira, 24 de abril de 2013

terça-feira, 23 de abril de 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Por que reclamar das coisas é tão prejudicial?


A fronteira entre algumas virtudes é muito sutil. Assim como a  está muito próxima da esperança, e a caridade está muito próxima do amor fraterno, também agratidão está muito próxima da bênção.
Engana-se MUITO quem pensa que abençoar alguém é dizer “Deus abençoe“. Já falei detalhadamente da bênção aqui. Resumindo, abençoar é bendizer, e bendizer é… falar bem, é ressaltar as qualidades do que se fala. E se abençoar é reconhecer o bem do que se está comentando, então quando se critica, está maldizendo, porque está reconhecendo o mal que há no que se está comentando.
Elogiar, ou agradecer, são duas faces de uma mesma atitude positiva cuja essência é a bênção. Quando você agradece a algo ou a alguém, está reconhecendo o quanto o objeto da gratidão foi bom e benéfico; e está, por consequência, bendizendo-o, ou abençoando-o. Igualmente, quando você elogia, está reconhecendo explicitamente o bem que a pessoa traz consigo, e está, portanto, abençoando-a.
Por outro lado, quando você reclama de algo ou de alguém, está reconhecendo o quanto esse algo ou esse indivíduo está sendo ruim, e está, por consequência, maldizendo-o, ou amaldiçoando-o.
E nem sabe… pelo contrário, acha que bênçãos e maldições são feitiços proferidos por gente dotada de dons espirituais.
Não!
Nós mesmos estamos abençoando e amaldiçoando as coisas da vida o tempo todo. Se você fala bem, do que quer que seja, está bendizendo, está abençoando. Se fala mal, do que quer que seja, está maldizendo, está amaldiçoando.

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Sê tu a nossa força cada manhã" .  

Isaias 33:2


sexta-feira, 19 de abril de 2013

Versículo Diário

Fonte: http://www.facebook.com/um.versiculo.por.dia 


"Entregue suas preocupações ao Senhor, e Ele o sustentará; jamais permitirá que o justo venha a cair" .  

Salmos 55:22